Shadow of the Tomb Raider – Review

Shadow of the Tomb Raider encerra a trilogia do reboot de Tomb Raider iniciado em 2013. Nessa etapa conhecemos uma Lara mais madura e com um vasto conhecimento arqueológico, acompanhada de seu grande amigo Jonah, tentam a todo custo impedir a Trindade de obter um antigo artefato que pode colocar a humanidade em risco.

Início do Apocalipse 

A aventura começa após os acontecimentos de Rise of the Tomb Raider, seguindo as anotações de seu pai, Lara Croft e seu grande amigo Jonah chegam a Cozumel no México na ultima ruína que ainda não foi destruída pela Trindade. Logo nesse início Lara se mostra muito forte e aventureira, além de demonstrar que realmente está muito focada em impedir a Trindade, colocando até mesmo sua vida em risco.

Ao chegar a vila começam a seguir o Doutor Dominguez que está fazendo investigações com arqueólogos no local e descobrem a entrada para um templo escondido. Lara então se aventura dentro do templo e encontra uma artefato, a Chave de Chak Chel, mas por causa de sua sede em tentar impedir a Trindade, acaba retirando o artefato de seu local e desencadeando o início do Apocalipse.

Investigando os enigmas, Lara descobre que a Cidade Oculta está localizada na Floresta Amazônica, mais precisamente no Peru, e é lá que está a “Caixa Prateada“, que junto da Chave, darão o poder de “recriar o mundo”, Lara e Jonah partem em busca do novo artefato antes que a Trindade a encontre.

O lado mais sombrio de Lara Croft

Nesse terceiro jogo conhecemos um lado mais sombrio de Lara, ela está muito focada em seu objetivo de impedir a Trindade e descobrir sobre a morte de seu pai, em diversos pontos da história seu amigo Jonah acaba fazendo um papel importante em proteger e orientar Lara em seus momentos de desespero. Talvez o foco principal da história seja mostrar que as decisões tomadas por Lara possuem um peso muito grande em sua jornada.

É muito interessante observar como o jogo não trata a personagem como a super heroína que tem tudo sob controle, apesar de possuir um vasto conhecimento e ser uma forte guerreira, podemos perceber Lara lutando com suas fraquezas para superar os desafios durante toda a história.

Ambientação

A ambientação é fantástica, desde o inicio do game o jogador é presenteado com belos gráficos muito bem trabalhados, são tantos detalhes que vale muito a pena vasculhar cada canto do cenário para observar o belo trabalho.

A cidade de Cozumel durante as festividades do “Dia de los Muertos” é muito bonita e as pessoas realmente parecem ter vida enquanto você interage com o ambiente, é possível ouvir as pessoas conversando, crianças brincado, vendedores oferecendo produtos, são várias coisas acontecendo ao seu redor.

Dentro da Floresta o trabalho de ambientação também é muito interessante, os efeitos sonoros ajudam a localizar os animais e revelam perigos escondidos, os mapas são grandes e possuem várias tumbas de desafio escondidas.

Nesse game também existem mais áreas subaquáticas do que os games anteriores, Lara agora pode utilizar alguns bolsões de ar enquanto mergulha para ganhar um pouco de oxigênio debaixo d’água, é muito emocionante nadar em grutas apertadas procurando o bolsão mais próximo para não morrer afogada, ao mesmo tempo que mesmo em baixo d’água é preciso se esconder dos cardumes de piranhas e enguias que podem te atacar a qualquer momento.

Combates furtivos e armas

Diferente de outros games de ação, Shadow of the Tomb Raider não exige que o jogador entre em combate direto com os inimigos, os ataques furtivos são o ponto forte do game. Lara pode utilizar a lama e se sujar para se esconder na vegetação para se aproximar e eliminar furtivamente seus inimigos. Ao decorrer do jogo Lara aprende várias habilidades de auxiliam nesses ataques furtivos e pode puxar inimigos para baixo d’água, pendurar os corpos nas folhagens das árvores ou disparar flechas com toxinas que faz com que os inimigos ataquem seus aliados e causem tumulto.

Nem sempre é possível passar furtivamente pelos inimigos, para o confronto direto o jogo apresenta algumas armas como Arco e Flecha, pistola, rifle e escopeta. Durante as explorações Lara pode encontrar diversos suprimentos que podem ser utilizados para fazer upgrades em suas armas. É possível também comprar novas armas nos mercadores nas cidades. Além de upgrades nas armas é possível também criar novas peças de vestimenta que possuem Skills especiais, para isso é preciso caçar certos animais e encontrar suprimentos espalhados pelo mapa.

Uma funcionalidade interessante em Shadow of the Tomb Raider é a possibilidade de alterar a dificuldade dos combates e exploração de forma independente. Para aqueles fãs mais experientes é possível retirar todas as ajudas visuais do modo exploração, assim as marcas nas paredes de onde é possível escalar não aparecerão e irão exigir que o jogador descubra o melhor caminho para realizar as missões.

Tumbas de desafios

A história principal irá render aproximadamente 15 horas para ser concluída realizando apenas as missões principais, mas uma das partes mais divertidas do jogo está na exploração dos mapas. Ao se aventurar por áreas desconhecidas, é possível encontrar as tumbas de desafios, que são desafios extras que guardam novas habilidades para a personagem. Dentro das cidades também é possível interagir com a população local e aprender um pouco sobre sua cultura, alguns personagens podem pedir para você realizar missões extras.

Após a conclusão da história é possível começar o New Game +, para continuar explorando todas as áreas novamente e ter acesso aos caminhos que estavam bloqueados. Para aqueles que adquirirem a Season Pass, receberão nos próximos meses 7 tumbas de desafios com side missions narrativas, o que irá prolongar ainda mais o game.

Considerações Finais

Shadow of the Tomb Raider fecha muito bem a trilogia, da garota assustada do início até a grande aventureira que se tornou, podemos conhecer melhor essa incrível personagem que se tornou um ícone no mundo dos games. O jogo trás muitos elementos de exploração e prioriza a narrativa de sobrevivência, não é apenas sair atirando em todos os vilões como um filme de ação, o jogo tenta proporcionar a experiência de ser apenas uma aventureira com seus princípios e objetivos.

Particularmente achei muito mais empolgante essa abordagem em combates Stealth do que apenas tiroteios, a emoção de tentar eliminar os inimigos furtivamente observando seus movimentos e planejando a melhor forma de executar os ataques é muito divertida. Mas para aqueles que gostam de tiroteio podem ficar tranquilos, durante a história existem momentos de confronto intenso (BEM INTENSO!) que inclusive mostram um lado diferente da tradicional Lara que conhecemos.

A história é interessante e mescla diversas culturas em seu decorrer, em alguns momentos os fatos parecem ocorrer muito rápido, uma dica é aproveitar ao máximo o game, explorando bem os mapas, principalmente as cidades, pois assim é possível conhecer melhor suas culturas e habitantes durante a história.

Um jogo muito divertido e altamente recomendável para os fãs da série, possui uma história simples, mas interessante e que fica muito emocionante ao se aproximar do final. Para os fãs que gostam dos jogos clássicos da nossa aventureira, algumas referências durante o jogo farão muitos jogadores se emocionarem bastante.

Prós:

  • Boas doses de exploração, suspense e ação

  • Gráficos bonitos e ótima ambientação

  • Todos personagens conversam (inclusive possuem dublagem em português) 

  • Momentos emocionantes durante a história

  • Referencias aos jogos antigos

Contra:

  • Inteligência artificial previsível

  • tumbas fáceis durante a história principal

  • Combate final repetitivo 

Shadow of the Tomb Raider para Playstation 4 fornecido gentilmente pela Square Enix para realização do Review.

Um comentário em “Shadow of the Tomb Raider – Review

  • 22 de setembro de 2018 em 02:47
    Permalink

    That is a really good tip particularly to those new to the blogosphere.
    Short but very precise info… Thank you for sharing this one.
    A must read article!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WordPress Lightbox Plugin
Pular para a barra de ferramentas