Danganronpa V3: Killing Harmony – Review

Danganronpa V3: Killing Harmony é um jogo produzido pela Spike Chunsoft e teve seu lançamento no final de setembro de 2017. Danganronpa é classificado como ação e aventura e foi disponibilizado para Playstation 4, PS Vita e PC. Ele possui legendas em inglês e o áudio pode ser escolhido entre japonês ou inglês (o audio em japonês só está disponível via patch de atualização com audio HD, de “miseros” 1.5gb – totalizando 4.5GB no tamanho do jogo).

Sobre a história, 16 personagens acordam dentro de uma redoma gigante. Dentro deste local há tudo que eles precisam como um dormitório, biblioteca, cantina e muito mais. Cada um dos personagens possui uma habilidade unica como Kaede Akamatsu, que é pianista e Shuichi Saihara que é detetive. Neste local eles são forçados a jogar o Killing Game. Um jogo imposto pelo ursinho Monokuma, onde eles precisam matar uns aos outros e realizar um julgamento para descobrir o assassino após cada morte.

Danganronpa V3: Killing Harmony segue o mesmo fluxo de jogabilidade de seus antecessores, com algumas pequenas diferenças nas apresentação dos acontecimentos. O jogo é como uma visual novel, mas com mais opções de ação dentro dela. Neste jogo podemos caminhar com o personagem por todo o local, sendo que isso é necessário, pois precisamos interagir com os outros personagens e procurar pistas para  desvendar os assassinatos.

Pode-se também analisar os objetos dos cômodos que o personagem está no momento, trazendo elementos da mecânica point and click. Além disso, há diversos mini-games durante o decorrer da história. Mas o momento de maior interação, ainda, é durante os julgamentos.

O jogo possui 3 escolhas de dificuldade: o fácil, normal ou difícil. No geral Danganronpa não é um jogo difícil. Antes de qualquer nova possibilidade acontecer no jogo é fornecido um tutorial, que explica nos mínimos detalhes como jogar a nova parte. O que é mais complicado são os julgamentos, pois eles são muito extensos e cheios de novas informações. Mesmo tendo os tutorias explicando tudo, demora um pouco para pegar o jeito. Outra coisa sobre os julgamentos é que em algumas partes de interação com ele, as frases dos personagens passam muito rápido, além de estarem muitas vezes viradas de lado ou sobre postas, o que complica um pouco a leitura.

Os personagens de Danganronpa V3 são bastante autênticos, cada um possuindo uma personalidade unica, de uma maneira legal e estranha ao mesmo tempo. Alguns personagens possuem mais foco do que outros na história, mas todos eles desenvolvem alguma importância em certo momento. Uma coisa meio bizarra é que eles possuem reações, expressões corporais e faciais muito exageradas. Mesmo isso sendo uma característica da série, que é usada para passar as emoções dos personagens, achei muito forçado.

O design do jogo é um combinado de bonito e estranho juntos, sendo que é realmente isso que o jogo quer nos passar. A animação é muito boa e a trilha sonora é ótima, mas as vezes irritante ao mesmo tempo. Digo isso, porque em alguns momentos a musica é propositalmente repetitiva e irritante para possivelmente deixar quem joga angustiado ou tenso.

Pontos Positivos:
  • Ambiente do jogo
  • Número grande de personagens
  • Diversas possibilidade de interação
Pontos negativos:
  • Velocidade de falas nos julgamentos
  • Julgamentos muito longos

Não esqueçam de curtir a página do Akiba’Spot no Facebook

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WordPress Lightbox Plugin
Pular para a barra de ferramentas