Crescimento da Indústria de Animes atinge 9% em 2016 e tem faturamento recorde

Dados revelados pelo relatório do AJA (Association of Japanese Animations) revelam números e dados interessantes sobre a Indústria de Animes em 2016.

No relatório “Anime Industry Report 2017” revela que a indústria de animes faturou 2 trilhões de ienes (algo como estrondosos R$56,7 bilhões de reais ou US$17,5 bilhões de dólares), um crescimento de 9% em relações aos números de 2015, que foram na casa dos 1,83 trilhões de ienes.

Esse crescimento rampante vem ocorrendo desde 2014, devido ao crescimento do mercado chinês, fazendo a China um mercado importante para a indústria, pois em 2016 os valores da exportação foram de 34,9 bilhões de ienes e em 2015 foram de 19,5 bilhões de ienes; a China representa mais da metade desses valores.

Também bateu um recorde de vendas no exterior que era inalcançado desde 2005, que foi de 31,3 bilhões de ienes.

Mas nem tudo são boas notícias, pois no mesmo relatório alerta que esse crescimento pode ser uma “bolha”, pois as tensões geopolíticas no Leste Asiático e também no perigo de uma Lei chinesa de 2006 que proibe animações estrangeiras no horário nobre podem influenciar num declínio futuro dos números.

Outro dado interessante é a importância dos eventos ao vivo no faturamento, pois desde 2013 (ano que começaram a monitorar esse tipo de mercado) mostram a importância desse tipo de atração nos números.

Também colocaram nos dados os shows ao vivo, eventos de anime, eventos teatrais, musicais, museus, exposições e até os café de animes, porém não chegaram a somar as receitas obtidas nesse setores.

Um dado também citado foi a importância do sucesso do filme Kimi no Na wa do Makoto Shinkai, nos números positivos.

A AJA (Association of Japanese Animations) monitora e faz relatórios anuais sobre o mercado desde 2009.

Fontes: AJA (Association of Japanese Animations), NHK, Crunchyroll, Anime News Network

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WordPress Lightbox Plugin
Pular para a barra de ferramentas