Blade Strangers – Review

Com personagens famosos de jogos indies, Blade Strangers agrada, mas não inova.

A Nicallis,responsável por trazer jogos como Ikaruga para plataformas modernas, vem se especializando no fator nostalgia. Buscando resgatar o clima dos fighting games 2D dos anos 2000, ela lança Blade Strangers, para Nintendo Switch, Playstation 4, Xbox One e Steam.

Em Blade Strangers, cada universo é uma simulação gerada por servidores interdimensionais e administradas por uma deusa chamada Exiva. Esses universos são protegidos por heróis chamados Blade Strangers. Tudo corre bem até que uma entidade cibernética chamada Lina começa a consumir os dados dos servidores e instaurar o caos, derrotando todos os heróis. Assim, Exiva decide criar um torneio para decidir quem será o novo Blade Stranger e devolver o equilíbrio ao universo.

Dado o plot, o game se vale de protagonistas de diversos jogos como Code of Princess, Gunvolt, Cave Story, entre outros, com destaque para Shovel Knight. A grande sacada foi montar um line up com heróis de indies bem sucedidos. Mas será que funcionou bem?

Em termos de apresentação, não há muito o que falar. O game se mantém fiel a arte original dos personagens e traz cenários diversificados e bem acabados. No entanto, a resolução dos sprites poderia ser um pouco melhor. Os “serrilhados” nos personagens são bem perceptíveis, por exemplo. Mas as animações não deixam a desejar.

O gameplay também é mediano. Esperava uma ação um pouco mais rápida e fluida, e com comandos um pouco mais complexos. Em Blade Strangers, cada botão tem uma função, inclusive especiais e ultimates. Algo que pode ser convidativo a iniciantes do gênero, mas quando a proposta é resgatar o feeling de games mais antigos, isso deixa a desejar.

Felizmente o modo online é bem executado. Nas partidas em que testamos, não houve problemas de conexão e as partidas fluiram normalmente, com poucos ou quase nenhum problema de conexão ou lag. Não há uma quantidade gigante de players online, porém sempre encontramos algum adversário sem esperar muito.

Blade Strangers é um game divertido, com boas sacadas e uma execução razoável. É um jogo divertido para brincar com os amigos, mas para fãs de jogos de luta talvez seja melhor aguardar uma promoção.

Pontos positivos
  • Lineup de Personagens
  • Fidelidade dos Golpes aos Games Originais
  • Apresentação
Pontos Negativos
  • Modo História Raso
  • Comandos simplificados
  • Combate um pouco travado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WordPress Lightbox Plugin
Pular para a barra de ferramentas